*Será que o congelamento do ICMS estanca o preço da gasolina?

O ICMS, um dos responsáveis pelo aumento do preço da gasolina, será congelado até janeiro de 2022. Será o suficiente para resolver o problema?

Um dos principais motivos que faz o preço da gasolina não parar de subir é o ICMS, o Imposto Estadual. Por que? Por ser calculado sobre o valor de venda. Então, se a gasolina sobe pela alta do petróleo ou do dólar o ICMS sobe também pois é calculado sobre esse novo valor e provoca um novo aumento da gasolina um mês depois.

Mas aí o ICMS torna a subir um mês depois, é imposto sobre imposto em um perverso e interminável círculo vicioso. O CONFAZ, que reúne a Secretaria de Fazenda de todos os estados, resolveu congelar este ICMS durante três meses, de novembro a janeiro de 2022, para tentar estancar essa verdadeira bola de neve.

Então, se nesse período a refinaria não subir o preço, o da gasolina também fica estável. Ou talvez fique estável pois a política da Petrobrás é imprevisível.

Veja mais detalhes em: https://autopapo.uol.com.br/blog-do-boris/icms-gasolina-congelado/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.