R$ 50 milhões para o Programa de Incentivos aos Biodigestores, comemora a deputada Zilá.

O governador Eduardo Leite anunciou recursos do Tesouro para projetos voltados ao incentivo de energias limpas e renováveis.

Em mais uma etapa do programa Avançar, o governo do Estado do RS lançou, na quarta-feira (26/1), o Avançar na Sustentabilidade. Em evento realizado no Palácio Piratini, o governador Eduardo Leite anunciou R$ 193,2 milhões em recursos do Tesouro para projetos voltados ao incentivo de energias limpas e renováveis, desenvolvimento sustentável, recuperação do patrimônio ambiental, redução do impacto ambiental no uso da terra e boas práticas para combater as mudanças climáticas.

O Avançar na Sustentabilidade está dividido em quatro eixos: clima, energia, água e parques. Todas as ações estão alinhadas aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU), e vão ao encontro das metas assumidas pelo governo do Estado na Conferência das Nações Unidas sobre Mudança no Clima (COP26) para neutralizar as emissões de carbono no Estado em 50% até 2030.

“Após 5 anos de trabalho da Frente Parlamentar da Matriz Produtiva dos Biodigestores em conjunto com o Grupo de Trabalho composto por entidades da área e voluntários, após a criação do Marco Legal do Biogás hoje ( quarta-feira 26/01) comemoramos mais um avanço: a assinatura do decreto do Programa de Incentivos aos Biodigestores, com um aporte do Governo do RS através da Secretaria de Meio Ambiente, de R$ 50 milhões, com subsídios para projetos que incentivem e promovam soluções em biodigestores alcançando investimentos de até R$ 250 milhões em valores absolutos”, explicou a deputada Zilá Breitenbach, presidente da Frente e que articulou junto ao Governo para que este programa fosse lançado.

Segundo a parlamentar, estes investimentos acontecerão em parceria com o Badesul, com linhas de créditos especiais. A instituição faz parte da Frente Parlamentar e do Grupo de Trabalho e sempre foi uma grande aliada nesta luta por investimentos na cadeia do Biogás.

Para o secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Luiz Henrique Viana, os investimentos anunciados direcionam o Estado para um futuro mais sustentável e com mais qualidade de vida para a população gaúcha.

“O governo tem o seu papel e financiará políticas públicas que vão desde ações para diminuir o impacto do uso da terra até a alavancagem para programas de biodigestores, com a maior soma de recursos destinada para políticas de sustentabilidade dos últimos 20 anos no Estado”, detalhou o governador.

Veja mais detalhes em: https://www.radioaltouruguai.com.br/r-50-milhoes-para-o-programa-de-incentivos-aos-biodigestores-comemora-a-deputada-zila/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.