Grupo do Programa “Na Fábrica” visita indústrias de Marabá.

Empresas incentivadas pelo Governo visam expandir capacidade produtiva.

A ampliação e modernização dos Distritos Industriais (DIs) administrados pela Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (CODEC) é uma das maiores metas estabelecidas pelo Governo do Estado. Para a facilitação da integração entre as indústrias instaladas nos DIs em busca deste desenvolvimento, foi realizada na última semana uma visita institucional do programa “Na Fábrica” em duas indústrias da região: 2ML e Correias Mercúrio. Ambas estão instaladas no DI de Marabá, região sudeste do estado.

Para a visitação às indústrias, esteve presente o Grupo de Acompanhamento de Projetos Incentivados (GAPI), composto pela Codec em parceira com as Secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), de Meio Ambiente (Semas), de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), de Planejamento e Administração (Seplad), de Fazenda (Sefa), Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e o Banpará.

Para o presidente da Codec, Lutfala Bitar, o acompanhamento das mais de 150 indústrias incentivadas pelo Governo do Pará em todo o estado é uma ferramenta importante para acompanhar, orientar e participar do desenvolvimento econômico do Estado em todas as etapas em que a indústria se instala no Pará. “Essas empresas são muito importantes para a verticalização da economia. Por isso, oferecemos parcerias para que essas fábricas se instalem aqui desde a assinatura dos Protocolos de Intenções, até o início das atividades com as empresas já construídas. Isso eleva o grau de confiança entre o Governo do Pará, as empresas e as comunidades que se beneficiam com a geração de emprego e renda nesses municípios”, esclarece o presidente.

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação
A busca por parcerias sólidas em busca do desenvolvimento econômico moderno e competitivo em solo paraense é a principal motivação para atração de investimentos ao estado, passando pela lei de incentivos fiscais até o suporte para as empresas instaladas nos Distritos Industriais. Para o gerente de Relações Institucionais da Codec, Evandro Diniz, as atividades econômicas, quando bem assessoradas, tendem a crescer junto com o município no qual estão instaladas as indústrias.

“Fechamos parcerias sólidas com prefeituras, entidades do Governo e indústrias para potencializar as oportunidades de crescimento. E é isso o que vemos hoje com essas duas indústrias que apresentam elevado crescimento, e contribuem para a expansão industrial da região, o que gera mais confiabilidade entre os órgãos parceiros e também com a comunidades”, revela Evandro.

Segundo o gerente David Sousa, da Correias Mercúrio, a elaboração de metas e a continuidade dos incentivos fiscais foram importantes para acelerar o estágio de expansão da indústria. “Atualmente a empresa fabrica uma média de 10km de correias mês, cerca de 130 km por ano, para transporte de grãos sólidos, conforme a necessidade dos clientes sendo que 60% da produção destina-se a atender as indústrias de mineração dentro do Pará”, afirma.

Texto: André Moura/Ascom Codec

Por Luana Laboissiere (SECOM)

Veja mais detalhes em: https://agenciapara.com.br/noticia/33298/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.