Argentina atrai mineração de bitcoin com energia barata e incentivo fiscal

FMI Minecraft investirá no país portenho.

A Argentina está se transformando em um verdadeiro pólo de criptoativos. Além de aumentar a adoção entre a população, com uma inflação anual de 50%, o país possui energia barata e incentivos fiscais para quem deseja empreender por lá.

Essas iniciativas atraíram uma fábrica de bitcoins que será instalada na Argentina. No total, a empresa britânica FMI Minecraft Management investirá US$ 45 milhões em um pólo de mineração no país.

A fazenda de mineração de bitcoins será instalada em Zapala, uma região conhecida como zona franca. Tudo indica que a nova fazenda de mineração produzirá entre 30 a 50 bitcoins por dia através da atividade.

Serão 30 mil equipamentos de mineração de criptoativos na fazenda, onde cada um deles custa cerca de US$ 8 mil no mercado. E em menos de um ano a fazenda de mineração já estará funcionando na Argentina, afirma o CEO e fundador da empresa, John Blount.

O motivo da escolha da Argentina está relacionado ao incentivo fiscal que a área de Zapala possui. Com a construção da fazenda de mineração de bitcoins, o negócio terá deduções fiscais devido a localidade onde será instalada.

Além disso, a Argentina é conhecida por produzir energia elétrica barata, além de outras fontes renováveis de energia. No caso da fazenda de mineração de bitcoins, o gás natural será o combustível utilizado nos equipamentos.

Ou seja, a fazenda utilizará energia limpa, proveniente da extração de gás natural da região dos Campos de Vaca Muerta, considerada a segunda maior reserva de gás natural do mundo.

Veja mais detalhes em: https://panoramacrypto.com.br/argentina-atrai-mineracao-de-bitcoin-com-energia-barata-e-incentivo-fiscal/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.